• Rua Dom Francisco Manuel de Melo – Calvário, Lote 4 - 5400-278 CHAVES
  • Tel: 276 400 200
  • Seg - Sáb: 8:00 - 20:00
  • Domingo: Fechado

Avaliação Neuropsicológica e os seus objetivos

Avaliação Neuropsicológica e os seus objetivos
20 de Agosto, 2021

Avaliação Neuropsicológica e os seus objetivos

A avaliação neuropsicológica no adulto e no idoso é indicada enquanto meio complementar de diagnóstico em casos nos quais exista suspeita de dificuldades cognitivas, emocionais, e/ou comportamentais de origem neurológica.

Nesta avaliação identificam-se as funções cognitivas que se encontram afetadas e preservadas (por exemplo, atenção, memória, linguagem, funções executivas, raciocínio), assim como a magnitude das alterações. A entrevista ao indivíduo e familiar/cuidador, a observação e testes neuropsicológicos representam os seus principais métodos de avaliação.

A reabilitação neuropsicológica, por sua vez, visa assistir a pessoa com uma determinada problemática (assim como os familiares) a potenciar o seu funcionamento cognitivo e social de acordo com as condicionantes de cada situação.

 

Indicações para a integração na consulta de neuropsicologia (avaliação e reabilitação)

  • Presença de sintomas específicos:

– Dificuldade na execução das tarefas do dia-a-dia (ex.: fixar recados, gerir os medicamentos, fazer contas em pagamentos)

– Problemas de atenção e concentração

– Problemas de memória

– Perturbações da linguagem

– Perturbações das funções executivas (ex.: dificuldades em planear ações, impulsividade)

  • Quadros clínicos, tais como:

– Doenças degenerativas (ex.: Doença de Alzheimer, Doença de Parkinson, Degeneração Frontotemporal)

– Doenças não degenerativas (ex:. Acidente Vascular Cerebral, Traumatismos Cranioencefálicos, Tumores Cerebrais, Epilepsia)

– Entre outros (ex.: Perturbação depressiva)

– Envelhecimento

– Queixas subjetivas de memória

  • Na avaliação do efeito de intervenções realizadas:

– Avaliação pré e pós-operatória (em pacientes neurocirúrgicos)

– Avaliação dos efeitos de terapêuticas farmacológicas e de programas de reabilitação cognitiva

 

É importante que o utente se faça acompanhar por um familiar/cuidador (sempre que necessário) e por todos os exames realizados (relatórios de consultas neurológicas e psiquiátricas).

 

Dra. Sónia Carvalho

Dr. Pedro Reis

Neuropsicologia 

- Saúde
Translate »